Notícia

Style

N.50, a data redonda da ModaLisboa

08.03.2018 19:30 por Inês Mendes Oliveira
Esta é já a 50.ª edição do maior evento de moda em Portugal. De olhos no futuro, discute-se o paradigma da moda como a conhecemos e a sua relação com os media
ModaLisboa
Foto: Gonçalo Silva
ModaLisboa
Foto: Gonçalo Silva
ModaLisboa
Foto: Gonçalo Silva

Depois dos 25 anos da ModaLisboa, a organização celebra mais uma data redonda: a edição N.50 que lhe dá nome. Nesta edição olha-se para o passado para pensar no futuro, porque é lá que vivem as colecções e os designers memoráveis, ao lado dos novos talentos. A ModaLisboa N.50 vai acontecer a 8, dia reservado para as Fast Talks - conversas temáticas informais -, 9, 10 e 11 de Março, com a apresentação das colecções de Outono/Inverno 2018/19 no Pavilhão Carlos Lopes e na Estufa Fria, em Lisboa.

Fashion and Media: o Papel dos Media é o tema que irá contrapor opiniões nas Fast Talks desta edição. Interdependentes, os media são o altifalante das vozes da moda. Em constante mutação, o novo paradigma da moda influencia a comunicação social: surgem ocupações (bloggers e influencers) que fazem tremer o papel do jornalista, discute-se o seu alcance e linguagem. Com moderação de Joana Barrios, o painel do júri inclui a escritora parisiense Haydée Touitou, a stylist americana Olive Duran, o escritor e curador britânico Paul Gorman e a apresentadora Raquel Strada.

A moda é, na sua essência, uma interpretação do mundo e das vivências pessoais dos fashion designers. Por isso, as propostas que pisam a passerelle são as suas visões da contemporaneidade - interpretáveis e consumíveis pela audiência. O mundo da moda anseia por novas perspectivas e a ModaLisboa dá-lhes o devido destaque no Sangue Novo, que inaugura a edição.

O Pavilhão Carlos Lopes vai receber as propostas dos novos designers - oito interpretações do que é a emoção: Federico Cina cria uma colecção-escudo do mundo e pareceres exteriores; Rita Sá apresenta Telhados de Vidro; Inês Nunes do Valle aborda a sociedade do hipertexto com I'm In The Wrong Joke; Filipe Augusto trata o trabalho físico no Douro em Colheitas; Opiar, em Fake It Until You Make It, lida com a dualidade parecer vs. fazer parecer; a Não Corpóreo de Federico Protto inspira-se na sua terra natal Montevideu, no Uruguai; com Ophelia, N'a Pas de Quoi inspira-se "numa das personagens femininas mais icónicas da História"; e Isidro Paiva apresenta Beauty of Misfit. No fim, o júri composto por Eduarda Abbondanza, a presidente da Associação ModaLisboa, a designer de moda, Lidija Kolovrat, Paulo Macedo, stylist e ex-director criativo da Vogue Portugal, Miguel Flor, director criativo da revista Principal e a fundadora da TSCOF Agency x New Talents, Myra Postolache, vai seleccionar o(s) vencedor(es) dos prémios ModaLisboa, FashionClash e The Feeting Room.

Os fashion designers Carolina Machado, Duarte, Morecco, Awaytomars, Patrick de Pádua e Olga Noronha vão apresentar as suas propostas sob a chancela LAB, assim como Gonçalo Peixoto que este ano se estreia nos eventos de moda nacionais.

pub
O restante alinhamento inclui as marcas nacionais já de referência Aleksandar Protic, Valentim Quaresma, Ricardo Preto, Luís Carvalho, Nuno Gama, Filipe Faísca, Kolovrat, Ricardo Andrez e Dino Alves.

N.50 Moda Lisboa


CARTAZ

5.ª feira | 8 Março
18h Fast Talks (Estufa Fria)

6.ª feira | 9 março
18h, Sangue Novo
20h,Carolina Machado | LAB
21h, Duarte | LAB
22h30, Aleksandar Protic
23h30, Morecco | LAB (Estufa Fria)

Sábado | 10 março
15h30, Awaytomarts | LAB (Estufa Fria)
16h30, Gathering | Wonder Room
17h, Imauve + Gonçalo Peixoto | LAB
18h, Patrick de Pádua | LAB
19h, Valentim Quaresma
19h30, Happening Tiago Loureiro | Wonder Room
20h, Ricardo Preto
21h30, Luís Carvalho
22h30, Nuno Gama

pub
Domingo | 11 março
15h, Olga Noronha | LAB (Estufa Fria)
16h, Happening Cristina Real | Wonder Room
16h30, David Ferreira | LAB
17h30, Filipe Faísca
18h30, Kolovrat
20h30, Ricardo Andrez
21h30, Dino Alves  


pub
pub