Romeu e Julieta, de John Romão: A vertigem do amor

Para pensar sobre a velocidade do nosso tempo, John Romão recorreu ao texto de Romeu e Julieta, de Shakespeare. A estreia é na sexta, 14 de fevereiro.

Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 20 a 26 de janeiro
As mais lidas GPS
Rita Bertrand 14 de fevereiro de 2020

Não era intenção de John Romão, criador mais preocupado com as questões da contemporaneidade do que com visões autorais de textos canónicos, fazer uma nova encenação de Romeu e Julieta, a tragédia de Shakespeare sobre dois adolescentes que, em apenas cinco dias, numa vertigem, se conhecem, apaixonam e suicidam, por serem de famílias rivais, o que os proíbe de se amarem.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana