"Há coisas que continuam a perpetuar-se, um certo aceitar a autoridade"

Eis Sérgio Godinho em discurso directo: nove declarações sobre o novo disco, o País, a escrita, o amigo Zé Pedro e a infância

Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 29 de julho a 4 de agosto
As mais lidas GPS
Gonçalo Correia 29 de janeiro de 2018

Não se considera exactamente um optimista - Nação Valente, o novo álbum, tem antes uma visão "realista e activa, mas positiva" (ou não catastrófica), do que o rodeia. "Temos de ter forças para puxar pelas nossas forças", diz Sérgio Godinho, em entrevista ao GPS na livraria Menina e Moça, no Cais do Sodré. Como canta no refrão da canção que dá título ao disco (um "refrão estruturador"), "há-de haver outra solução/ para esta tão valente nação/ há que ir em frente/ nação valente".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
A Newsletter Semanal Gps no seu e-mail
A GPS indica-lhe as melhores sugestões de fim de semana. Receba todas as semanas no seu email. (Enviada semanalmente)