Com a voz triste nos enganas, Stuart Staples

The Waiting Room, o novo álbum dos Tindersticks, traz uma curta-metragem para cada faixa. A ideia foi de Suzanne Osborne, a artista plástica que é mulher do vocalista. Foi ele que o revelou ao GPS, de passagem por Lisboa

Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 22 a 28 de abril
As mais lidas GPS
Rita Bertrand 01 de fevereiro de 2016

O vocalista dos Tindersticks é um homem imponente. Alto e grisalho, tem belas mãos, mas tão grandes que dão medo. Os olhos azuis, porém, têm um ar doce e a voz é tão profunda e envolvente como a que lhe conhecemos dos discos e dos concertos, onde nos faz acreditar que é um homem triste, com azar aos amores. Engano: o seu casamento, feliz, já dura há 25 anos e deu-lhe quatro filhos. Foi por aí que começou a conversa de Stuart Staples com o GPS, numa manhã de Dezembro, no Bairro Alto Hotel. Pretexto: a edição de The Waiting Room.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
A Newsletter Semanal Gps no seu e-mail
A GPS indica-lhe as melhores sugestões de fim de semana. Receba todas as semanas no seu email. (Enviada semanalmente)