Ana Deus - de estrela pop a cantora bruta

Entrevista com a cantora a propósito do lançamento do seu novo álbum

Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 17 a 23 de junho
As mais lidas GPS
Rita Bertrand 03 de janeiro de 2016

Aos 52 anos, Ana Deus mantém intacta a vontade que nela despertou na adolescência de experimentar. A música comercial aborrece-a. Por isso deixou os Ban, com os quais gravou, em 1988, o êxito Irreal Social, preferindo mudar de rumo e meter-se por caminhos sinuosos, que foram dar a projectos como Três Tristes Tigres (ainda com laivos de pop) e Osso Vaidoso (assumidamente experimental).

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
A Newsletter Semanal Gps no seu e-mail
A GPS indica-lhe as melhores sugestões de fim de semana. Receba todas as semanas no seu email. (Enviada semanalmente)