Afonso Cruz teve um ano em cheio

A edição, no último trimestre de 2016, de um novo romance e do quinto volume da Enciclopédia da Estória Universal, motiva conversa com o escritor português

Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 23 a 29 de setembro
As mais lidas GPS
Gonçalo Correia 08 de janeiro de 2017

Foi um ano em cheio para Afonso Cruz: ao todo, o escritor publicou três livros em 12 meses e ainda contribuiu para a colectânea Uma Terra Prometida - Contos Sobre Refugiados, ao lado de autores como Miguel Real, Nuno Camarneiro e Ana Margarida de Carvalho. Só no último trimestre de 2016 publicou dois livros: em Novembro o seu novo romance, Nem Todas as Baleias Voam (que sucede a Flores, de 2015), e já em Dezembro Mil Anos de Esquecimento. o quinto volume da saga Enciclopédia da Estória Universal.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)