Crítica de cinema: Coração de Cão

O documentário de Laurie Anderson é um exercício de livre associação

Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 24 a 30 de junho
As mais lidas GPS
Tiago Santos 03 de janeiro de 2016

Coração de Cão não é tanto um documentário; é mais um filme-poema, ou um ensaio ou uma meditação audiovisual ou até apenas 75 minutos na companhia de Laurie Anderson enquanto a artista americana divaga sobre Lolabelle, o seu rat terrier, a talentosa cadela que, mesmo cega e doente, continuou até ao fim dos seus dias a tocar piano, a pintar e a experimentar com artes plásticas. Não, mas afinal também não é só isso, porque Anderson não está interessada em nada tão linear.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
A Newsletter Semanal Gps no seu e-mail
A GPS indica-lhe as melhores sugestões de fim de semana. Receba todas as semanas no seu email. (Enviada semanalmente)