Entrevista
Livros

Brit Bennett: "Gosto de enfrentar o desconforto quando escrevo"

André Santos 16 de novembro

Ao segundo romance, Brit Bennett goza de uma atenção e de um sucesso inesperados. Bestseller em 2020, "A Outra Metade" levou a HBO a fazer uma “oferta de sete dígitos” pelos direitos de adaptação. O livro vai dar uma minissérie.

A cidade de Mallard é uma criação de Brit Bennett inspirada em histórias que a mãe lhe contava – tem pessoas com uma cor de pele concreta e regras e obsessões muito específicas. É de lá que, no arranque de A Outra Metade, segundo romance da autora, fogem as gémeas Vignes. Desiree e Stella conhecerão destinos bem diferentes e é sobre esses dois caminhos – nunca em paralelo – que o livro conta uma história dos Estados Unidos da segunda metade do século XX, que se sente muito presente.

Publicado no verão de 2020, A Outra Metade surgiu em 25 listas de Melhores do Ano da imprensa norte-americana e teve direito a corrida aos direitos de adaptação para televisão. A HBO venceu.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana