Especiais Especiais C-Studio
Mais informações

C•Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do universo Cofina.
Aqui as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Engenharias no topo

No ano passado, o curso de Engenharia Aeroespacial teve a média mais alta de entrada no ensino superior

18 Junho 2020 10:39

O curso com a média mais alta em Portugal em 2019 foi Engenharia Aeroespacial, no Instituto Superior Técnico. O último aluno que entrou neste curso no ano passado fê-lo com uma média de 18,95 valores. Em segundo lugar ficou Engenharia Física Tecnológica, também no Instituto Superior Técnico (18,88 valores). E o curso de Bioengenharia, na Universidade do Porto, fechou os lugares do pódio (18,65 valores).

No tradicional curso de Medicina, sempre um dos mais procurados, a média mais alta foi no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, da Universidade do Porto, sendo que o último aluno a entrar teve uma média de 18,5 valores.

Sem surpresa, estas áreas são as mais concorridas e este ano não deverá ser diferente. Fontainhas Fernandes, presidente do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas, recorda em entrevista neste especial que nos últimos anos as áreas com mais procura por parte dos nossos estudantes, além dos cursos de Medicina, são "os cursos das ciências e tecnologia" que têm tido "uma procura crescente, face aos novos desafios societais".

Os cursos que vão poder aumentar vagas

Entretanto, note-se que existem 20 formações de ensino superior que vão aumentar o número de vagas nas próximas candidaturas, sendo que quase todos se situam em Lisboa e Porto, pode ler-se no site da Uniarea. Medicina vai aumentar o número de lugares nas universidades de Coimbra, Minho e Madeira. Retiram-se as instituições de Lisboa e Porto, por decisão do Governo.

O aumento de vagas acontece quando o número de candidatos "excelentes" é superior às disponíveis, é explicado no texto. No ano passado também se calculou um Índice de Excelência dos Candidatos dos diferentes cursos. Este índice mede o número de estudantes que se candidataram a cada licenciatura em primeira opção com uma nota de ingresso igual ou superior a 17 valores.

Entre os cursos que vão poder aumentar vagas estão: Engenharia Aeroespacial (Universidade de Lisboa – Instituto Superior Técnico); Engenharia Física Tecnológica (Universidade de Lisboa – Instituto Superior Técnico); Engenharia e Gestão Industrial (Universidade do Porto – Faculdade de Engenharia); Bioengenharia (Universidade do Porto – Faculdade de Engenharia); ou Matemática Aplicada à Economia e à Gestão (Universidade de Lisboa – Instituto Superior de Economia e Gestão). Veja aqui a lista completa.

Os cinco cursos com a média mais alta

  1. Engenharia Aerospacial – Universidade de Lisboa – Instituto Superior Técnico
  2. Engenharia Física Tecnológica – Universidade de Lisboa – Instituto Superior Técnico
  3. Bioengenharia – Universidade do Porto – Faculdade de Engenharia
  4. Engenharia e Gestão Industrial – Universidade do Porto – Faculdade de Engenharia
  5. Medicina – Universidade do Porto – Instituto Ciências Biomédicas Abel Salazar

Outros Conteúdos