Aussiewood: Austrália o paraíso livre de covid-19 para a estrelas de Hollywood

Aussiewood: Austrália o paraíso livre de covid-19 para a estrelas de Hollywood
Ana Bela Ferreira 02 de abril

Australianos criticam duplos padrões aplicados pelas autoridades. Celebridades são dispensadas de quarentenas enquanto cidadãos comuns têm limite de entradas no país e têm de pagar quarentena à chegada, ficando retidos num hotel.

Zac Efron, Mark Wahlberg, Matt Damon, Idris Elba e mais recentemente Julia Roberts. Para ver todos juntos podíamos estar em Hollywood, mas a verdade é que todos se mudaram temporariamente para a Austrália. Com a ilha-continente praticamente livre da covid-19 e o alívio de impostos para a indústria cinematográfica, é aqui que as vedetas do cinema se têm concentrado.

Na Austrália a população é livre de frequentar praias, festas, bares e discotecas. Não é de admirar que Hollywood tenha visto aqui uma oportunidade para continuar em funcionamento. Julia Roberts, por exemplo, irá filmar aqui ainda este ano um novo filme com George Clooney, cujo título provisório não podia ser mais sugestivo da ocasião: Ticket to Paradise (Bilhete para o Paraíso).

Sydney está assim transformada na nova Los Angeles. Aqui podem ser vistos Idris Elba, Natalie Portman ou Chris Pratt. O possível cruzar-se na rua com uma celebridade inclui ainda Awkwafina, Ed Sheeran, Jane Seymour, Melissa McCarthy, Rita Ora, Ron Howard, Tilda Swinton ou Tom Hanks.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login