Angioplastia primária, a intervenção que salva vidas

Especialista enaltece papel do "progresso da cardiologia" na redução dos óbitos por enfarte agudo do miocárdio.
Por Vanessa Fidalgo 24 de Junho de 2021 às 01:30
Intervenção que salva vidas
Intervenção que salva vidas Foto: Jorge Paula

O médico Manuel Carrageta enaltece o papel do "progresso da cardiologia de intervenção" na redução dos óbitos por enfarte agudo do miocárdio.

"O número de enfartes subiu nos países ocidentais, por via dos maus hábitos, inerentes ao estilo de vida moderno, mas a mortalidade reduziu largamente nos últimos anos, devido aos progressos na cardiologia de intervenção", explica.

O tratamento que foi esta quarta-feira efetuado para salvar Tony Carreira no Hospital de Faro consiste na desobstrução da artéria coronária responsável pelo enfarte, através da realização de uma angioplastia primária, com recurso a um cateterismo cardíaco.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Relacionadas
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

Água com gás: saudável ou nem por isso?

Melhora a digestão, pode ajudar a perder peso, e é mais interessante do que a água pura do ponto de vista nutricional, dizem alguns especialistas. Mas nem todos têm a mesma opinião.