Acorda com o seu ressonar? Roncopatia pode ser sinónimo de problemas graves de saúde

O ressonar pode dever-se a uma situação pontual, como uma constipação, ou ser sintoma de problemas mais graves como a apneia do sono.
Por Vanessa Fidalgo 14 de Fevereiro de 2020 às 01:30
Roncopatia
Roncopatia
Ressonar é uma perturbação respiratória do sono, que pode ir desde a roncopatia simples até à Apneia Obstrutiva do Sono, consoante a gravidade clínica da obstrução da via aérea.

"Um indivíduo pode ressonar durante a noite, sem despertares noturnos e sem apresentar outros sintomas diurnos (roncopatia simples) ou, associado ao ressonar, apresentar pausas respiratórias durante o sono (apneias), com fragmentação do mesmo, e consequente hiperssonolência diurna, diminuição da atenção, perda de concentração ou memória (Síndrome de Apneia/Hipopneia Obstrutiva do Sono -SAHOS)", explica o otorrinolaringologista Marco Menezes Peres.

Em qualquer um dos casos, o sono é uma necessidade fisiológica cuja perturbação pode ter "um enorme impacto no humor, emoções, relações interpessoais, casamentos, sucesso no trabalho e na saúde", diz o médico.

A roncopatia simples pode estar associada a vários problemas que vão "desde o cansaço crónico pelo esforço respiratório aumentado durante o sono a queixas do companheiro incomodado pelo ruído", refere.

No extremo mais grave do espetro clínico, a SAHOS está "associada ao desenvolvimento de hipertensão arterial, aumento de resistência à insulina, hiperlipidemia e diabetes tipo II, insuficiência cardíaca, hipertensão pulmonar, doença coronária, arritmias e acidentes vasculares cerebrais", frisa o médico.

SINTOMAS
Despertares noturnos
O sono é interrompido devido à descarga de adrenalina do organismo para compensar o bloqueio do oxigénio provocado pelo ronco.

Concentração e cansaço
Há maior dificuldade em desempenhar as tarefas do dia a dia por falta de concentração ou cansaço. Um dos principais riscos prende-se com a condução de veículos e máquinas.

Irritabilidade
Quem dorme mal e anda cansado tem menos tolerância às contrariedades.

Disfunção sexual
As noites mal dormidas levam à diminuição da qualidade das relações sexuais, até porque são frequentes os casos em que o ressonar leva os casais a dormir em quartos separados.

Depressão
Está associada à irritabilidade, ao cansaço e a eventuais problemas entre o casal.

Apneias
Ressonar pode ser sintoma de síndrome de Apneia/Hipopneia Obstrutiva do Sono, que afeta quatro por cento dos homens e dois por cento das mulheres.

PREVENÇÃO
Estimulantes
A higiene do sono é fundamental. Comece por diminuir o consumo de estimulantes (cafeína).

Álcool e tabaco
São substâncias que contribuem para uma menor qualidade do sono e para a obstrução das vias respiratórias.

Perda de peso
O excesso de gordura corporal aumenta o volume da língua e em redor da traqueia dificultando a respiração, sobretudo durante o sono.

Ajuda médica
A ajuda médica deve ser procurada sempre que o ressonar tiver um impacto significativo na qualidade de vida ou surgir associado a sintomas como engasgamento noturno, cansaço, hiperssonolência diurna, cefaleias, disfunção sexual ou patologias cardiovasculares.

COMO SE TRATA
São várias as técnicas em otorrinolaringologia que permitem melhorar a permeabilidade da via aérea superior: cirurgia nasal, cirurgia orofaríngea, hipofaríngea e supraglótica ou cirurgia do esqueleto ósseo da faringe.

"As técnicas escolhidas são assim adaptadas a cada doente, consoante o tipo de obstrução a corrigir", enumera o especialista em otorrinolaringologia Marco Menezes Peres. Existem ainda dispositivos de avanço mandibular, que permitem, em casos selecionados, uma abertura da via aérea superior, diminuindo o colapso obstrutivo.

TOME NOTA
Mudanças de vida essenciais
As mudanças de estilo de vida são importantes. Podem ser adotadas estratégias posicionais que diminuem o ressonar, como o dormir em decúbito lateral, evitando o decúbito dorsal. As máquinas de terapia do sono também são opção.
Relacionadas
Notícias Recomendadas

Marketing Automation certified by E-GOI

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A.
Consulte a Política de Privacidade Cofina.