Guia para cuidar da saúde mental em isolamento

A psicóloga e coach Filipa Jardim da Silva explica o que podemos vir a sentir, em situação de isolamento prolongado, e como podemos lidar com crianças, parceiro/a, e família.
Por Rita Avelar/Máxima 23 de Abril de 2020 às 07:49
Yoga
Yoga Foto: Unsplash

É oficial. O atual Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, declarou, às 20h do dia 18 de março, o estado de emergência e o que isso implica. Uma medida de urgência tomada face à propagação do novo coronavírus Covid-19 em Portugal, que já infetou mais de 1000 pessoas no nosso país. Pelo menos por 15 dias, os portugueses serão obrigados a estar em casa, exceto os casos que a lei contempla, como os profissionais de saúde, jornalistas, ou pessoas ligadas a entidades da área alimentar. As farmácias e os supermercados permanecem abertos.

O que acontece a todas as famílias que se encontram nesta situação? A pessoas que lidam diariamente com outras no seu ambiente profissional e de repente se vêm fechadas em casa de forma permanente? A pais com filhos que precisam de conciliar o teletrabalho com os trabalhos escolares dos filhos? E qual são os sintomas psicológicos que podemos, todos, começar a sentir? Como dar a volta aos mesmos quando surgirem ou até mesmo evitá-los? Fomos à procura de respostas, com a psicóloga clínica e coach Filipa Jardim da Silva.

"As pessoas podem começar a sentir aceleramento de pensamento e ideias persistentemente ansiosas, podem notar alterações de humor, apetite ou sono, podem também sentir-se mais preocupadas com a limpeza e a arrumação do que era habitual e fisicamente podem experienciar sensações de desconforto, tensão, dor ou até de alguma falta de ar" começa por explicar esta psicóloga. "Considerando que esta mudança foi abrupta, sem anúncio prévio e não foi por vontade própria mas sim por circunstâncias externas que assim o ditam, é natural que as pessoas se ressintam de uma forma generalizada e que sintam os seus níveis de ansiedade e alerta mais elevados que o habitual" sublinha.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Relacionadas
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

O verdadeiro peso da performance sexual numa relação

“Os homens focam-se na performance, sentem que têm de ser ótimos enquanto amantes e têm que dar prazer, e elas têm de ser sexy e sensuais” Marta Crawford, sexóloga, desmistifica as questões das “deusas” e “deuses” do amor.