Abuso prematuro de álcool, tabaco e canábis provoca uso descontrolado ao longo da vida

Estudo revela que quanto mais cedo se experimenta maior é a probabilidade de uso abusivo das substâncias.
Por Jéssica Santos, Iúri Martins 27 de Maio de 2021 às 18:21
Crianças a fumar
Crianças a fumar Foto: Getty Images

Experimentar substâncias como a canábis, tabaco e álcool mais cedo está relacionado com o uso problemático e abusivo desta substância ao longo da vida. A descoberta pioneira foi publicada esta quinta feira na revista médica BMC Public Health e alerta para a importância da prevenção deste padrão.

A pesquisa foi feita na Irlanda e reuniu dados armazenados de cidadãos entre 2010 e 2015 com o objetivo de determinar se havia relação entre a idade do primeiro consumo de álcool, tabaco e canábis e o abuso destas substâncias ao longo da vida, inclusive transtornos causados pelo uso desta.

A amostra reuniu 5134 pessoas com mais de 15 anos em 2011 e 7005 em 2015 também entre a mesma faixa etária. Os padrões para medir o uso de canábis foram definidos pelo Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Relacionadas
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

Água com gás: saudável ou nem por isso?

Melhora a digestão, pode ajudar a perder peso, e é mais interessante do que a água pura do ponto de vista nutricional, dizem alguns especialistas. Mas nem todos têm a mesma opinião.