Lágrimas contêm novo coronavírus. Saiba que cuidados deve ter com os olhos para evitar contágio

Olhos podem ser porta de entrada para o vírus.
Por Ana Maria Ribeiro 11 de Abril de 2021 às 14:45
Lágrimas contêm novo coronavírus
Lágrimas contêm novo coronavírus Foto: Getty Images

Tocar com as mãos infetadas nos olhos pode ser uma forma de contrair o coronavírus que provoca a Covid-19 e, por isso, desde o início que os especialistas em saúde pública nos recomendam que não o façamos. Mas os olhos podem também ajudar a disseminar o vírus no corpo humano, assegura o oftalmologista Eugénio Leite.

"A superfície ocular e o sistema lacrimal podem disseminar o vírus no corpo, através da via lacrimal, e atingir a via área superior", explica o médico.

"Ainda que a transmissão do Sars-CoV-2 se faça prioritariamente por gotículas através da via respiratória e presentes na via área inferior, foram detetadas noutros tecidos e secreções, e doentes de Covid-19 apresentam, embora em pequena percentagem, a presença de secreções conjuntivas positivas para partículas virais", garante o especialista, apoiado em várias investigações, incluindo um estudo retrospetivo realizado em Wuhan, na China, aquando do início da pandemia.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Relacionadas
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

E se pudesse reiniciar o cérebro? Os conselhos de um neurologista

O cérebro humano está a ser gravemente manipulado pelos estímulos da tecnologia e as consequências refletem-se em comportamentos que nos deixam cada vez mais doentes. Em Limpeza Cerebral, o recém lançado livro do neurologista David Perlmutter e do médico internista Austin Perlmutter, reúnem-se técnicas para combater esta realidade.