Farmácias alertam para pico de gripe depois do Natal

Será entre o Natal e a segunda semana de janeiro. O aviso é do Centro de Estudos e Avaliação em Saúde, da Associação Nacional das Farmácias.
Por Lusa 14 de Dezembro de 2019 às 17:51

Entre o dia 24 de dezembro e 11 de janeiro é altura do ano em que se prevê que haja maior atividade da gripe em Portugal. Quem avançou com a previsão foi o Centro de Estudos e Avaliação em Saúde (CEFAR), da Associação Nacional das Farmácias.

Em comunicado, Nuno Rodrigues, da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública, que colaborou na construção do modelo que permite detetar o início do pico refere que: "Este novo instrumento tem grande valor para a Saúde Pública porque permite alertar a população para a necessidade de reforçar os comportamentos preventivos". Refere ainda que desta forma haverá mais tempo para os serviços de saúde planificarem a sua resposta.

Como é que conseguiram chegar a estas datas? Segundo revela a Associação Nacional das Farmácias, conseguiram antecipar em duas semanas a fase mais severa de contágios, com base nos dados diários da dispensa de medicamentos e produtos de saúde para infeções respiratórias. De referir que todos os dias as farmácias recebem cerca de 520 mil portugueses. O início da fase epidémica ocorreu há duas semanas, segundo referem os dados da equipa de investigadores.

Notícias Recomendadas

Marketing Automation certified by E-GOI

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A.
Consulte a Política de Privacidade Cofina.