Doenças crónicas e depressão, dois desafios das sobreviventes do cancro da mama

Mulheres curadas do cancro da mama com probabilidade de desenvolverem mais de duas doenças crónicas e depressão.
Por Jéssica Santos, Rosário Mello e Castro 07 de Junho de 2021 às 17:36
cancro da mama
cancro da mama Foto: Getty Images

Um novo estudo concluiu que sobreviventes de cancro de mama têm grande probabilidade de sofrer depressão e multimorbilidades.  

Tal acontece uma vez que a multimorbilidade, ou seja, sofrer de duas ou mais doenças crónicas, é cada vez mais comum em pacientes curadas uma vez que vivem mais tempo e experimentam consequências 
mais tardias da doença. 
 

O estudo foi publicado esta segunda feira na revista médica BMC Cancer e investigou a relação entre 
multimorbilidade e depressão em sobreviventes de cancro da mama ou atualmente com cancro da mama. Recorreu aos dados do biobanco do Reino Unido, identificando um amostra de 8438 mulheres com idades compreendidas entre os 40 e os 70 anos. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Relacionadas
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

O verdadeiro peso da performance sexual numa relação

“Os homens focam-se na performance, sentem que têm de ser ótimos enquanto amantes e têm que dar prazer, e elas têm de ser sexy e sensuais” Marta Crawford, sexóloga, desmistifica as questões das “deusas” e “deuses” do amor.