Sedentarismo na adolescência leva ao aparecimento de diabetes tipo 2

Jovens que passam mais de quatro horas diárias em frente à televisão têm alto risco de sofrer doenças cardiovasculares.
Por Jéssica Santos, Iúri Martins 28 de Maio de 2021 às 20:13
Sedentarismo na adolescência leva ao aparecimento de diabetes tipo 2
Sedentarismo na adolescência leva ao aparecimento de diabetes tipo 2 Foto: Direitos Reservados

Os adolescentes que passam mais de quatro horas por dia a ver televisão ou vídeos têm um elevado risco de desenvolverem diabetes tipo 2. Um novo estudo demonstrou que esta faixa etária é determinante no desenvolvimento da patologia.

A descoberta foi feita por dois investigadores americanos, Jillian Scandiffio e Ian Jansen, que estudaram o sedentarismo excessivo nos adolescentes e a probabilidade de virem a desenvolver diabetes tipo 2 mais tarde. A investigação, publicada na revista BMC Public Health, analisou uma amostra de 3942 adolescentes de 16 anos do Estudo de Coorte Britânica de 1986 e comparou-a com os resultados em anos recentes. 

Aos participantes foi pedido que indicassem a quantidade de tempo que passavam em frente à televisão, a ver vídeos, a ler e a estudar. Os jovens que afirmavam passar mais de quatro horas diárias a ver televisão e vídeos tinham um risco três vezes superior de serem diagnosticados com diabetes tipo 2 nos trinta anos seguintes, independentemente da realização de atividade física. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Relacionadas
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

O verdadeiro peso da performance sexual numa relação

“Os homens focam-se na performance, sentem que têm de ser ótimos enquanto amantes e têm que dar prazer, e elas têm de ser sexy e sensuais” Marta Crawford, sexóloga, desmistifica as questões das “deusas” e “deuses” do amor.