Sabe quando deve consultar um gastrenterologista?

Um em cada três portugueses sofre de doenças do foro digestivo. Estes são os cuidados a ter, mesmo sem sintomas.
Por Vitória Amaral 25 de Junho de 2021 às 19:09
Foto: Sora Shimazaki / Pexels

No Mês da Saúde Digestiva, assinalado pela Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG), o objetivo é sensibilizar a população para a importância do aparelho digestivo através de várias iniciativas. Trata-se de uma "maior aposta na prevenção, diagnóstico precoce e tratamento das doenças do aparelho digestivo que afetam milhões de portugueses de forma silenciosa", esclarece o gastrenterologista e professor Rui Tato Marinho, presidente da SPG.

É precisamente por se tratar de um conjunto de órgãos muitas vezes ignorados que, em primeiro lugar, Tato Marinho considera que "consultar regularmente um gastrenterologista faz todo o sentido, todos os portugueses devem fazer rastreio a partir dos 45/50 anos", uma vez que há dois tipos de doenças a ter em atenção que afetam uma porção considerável da população. "De um lado, as doenças menos graves como o intestino irritável (que afeta 1 milhão de portugueses), a doença do refluxo (3 milhões de portugueses) e a obstipação (2 milhões de portugueses); do outro, um terço dos cancros estão relacionados com o aparelho digestivo, eu diria que é o conjunto de órgãos onde o cancro é mais frequente no nosso país".

Aliados a este testemunho estão os dados revelados pela própria SPG no âmbito de um inquérito realizado aos portugueses com o objetivo de dar a conhecer o estado da saúde digestiva nacional, que revelam que, embora a maioria dos inquiridos (99%) revele um cuidado geral com a saúde digestiva, apenas 29% visitou um especialista, tendo 49% destes feito esta visita há mais de três anos. São revelações alarmantes, uma vez que o aparelho digestivo é o ponto de origem mais frequente tanto de doenças oncológicas como de algumas das causas de morte mais relevantes em Portugal.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Relacionadas
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

Água com gás: saudável ou nem por isso?

Melhora a digestão, pode ajudar a perder peso, e é mais interessante do que a água pura do ponto de vista nutricional, dizem alguns especialistas. Mas nem todos têm a mesma opinião.