“Estados depressivos são comuns": Psicólogo explica o que pode acontecer durante isolamento

Durante o isolamento é fundamental garantir o seu bem-estar psicológico.
Por Vanessa Fidalgo 20 de Março de 2020 às 07:49
João Fernando Martins, psicólogo clínico e forense, alerta que quem está em isolamento tem de ter particular atenção ao seu bem-estar psicológico. Limitar o uso das redes sociais a um período do dia é um passo importante.

CM – O isolamento tem impacto na saúde mental?
João F. Martins – Pode ser bastante debilitante, principalmente se ele não é feito de forma voluntária. Falamos de uma pandemia com uma progressão galopante que pouco tempo deu para que as famílias se adaptassem ou reajustassem as suas rotinas para a nova realidade. Os sentimentos de angústia ou desespero, associados à ansiedade que a incerteza face ao futuro provoca, podem ser bastante intensos nesta fase, sendo mais comum o desenvolvimento de estados depressivos. As pessoas têm que estar atentas não só à sua saúde física, mas também ao seu bem-estar psicológico que pode ser bastante afetado nesta fase.

– Até que ponto as redes sociais são importantes nesta altura de isolamento?
- Em isolamento, grande parte das atividades se extinguem, sendo que com o tempo livre e a ausência de rotinas existe uma maior tendência para a utilização das redes sociais. Pode ser importante limitar a sua utilização em períodos específicos do dia, evitando expor-se a notícias e informação em demasia.

– Que outros conselhos daria a quem está em casa?
- A gestão de tempo pode ser uma importante ferramenta: faça uma agenda diária com as tarefas onde inclua alguma atividade física, tarefas domésticas, trabalho e momentos de lazer. Tente focar-se numa tarefa de cada vez evitando uma sobreposição de estímulos. Evite conflitos com os familiares.
Relacionadas
Notícias Recomendadas

Marketing Automation certified by E-GOI

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A.
Consulte a Política de Privacidade Cofina.