Comer muito arroz aumenta as possibilidades de morrer de ataque cardíaco

Explicação está nas quantidades elevadas de arsénio presentes no cereal.
Por Correio da Manhã 6 de Agosto de 2020 às 15:41
Arroz
Arroz
Comer muitas quantidades de arroz aumenta o risco de morrer de ataque cardíaco devido aos elevados níveis de arsénio que se concentram no cereal. A conclusão é de um estudo das universidades de Manchester e de Salford, que correlacionaram a prevalência de doenças cardiovasculares e a exposição ao arsénio.

Este produto químico acumula-se naturalmente nas plantações de arroz e tem sido muito associado a doenças graves como o cancro, por exemplo.

A sua concentração aumenta em locais onde foram utilizados herbicidas ou água misturada com a substância para fins de irrigação. Como o arroz é cultivado em zonas húmidas, absorve facilmente a substância perigosa.

"O estudo sugere que os 25% dos maiores consumidores de arroz na Inglaterra e no País de Gales podem estar sob maior risco de mortalidade cardiovascular devido à exposição ao arsénio inorgânico em comparação com os 5% mais baixos dos consumidores de arroz", explica o professor David Polya, da Universidade de Manchester.

O arroz é um alimento muito comum em várias dietas de todo o Mundo, no entanto.
Relacionadas
Notícias Recomendadas

Marketing Automation certified by E-GOI

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A.
Consulte a Política de Privacidade Cofina.