Cientistas de Coimbra criam meio inovador para combater um dos cancros mais comuns em crianças

Ferramente é dirigida às micrometástases pulmonares que surgem do osteossarcoma.
Por Lusa 07 de Janeiro de 2021 às 11:09
Criança com cancro
Criança com cancro Foto: Getty Images

Uma equipa de cientistas está a desenvolver uma ferramenta inovadora de teranóstica (técnica que reúne diagnóstico e terapêutica) dirigida às micrometástases pulmonares, anunciou hoje a Universidade de Coimbra (UC).

"Tumor ósseo muito agressivo que afeta particularmente crianças e adolescentes", o osteossarcoma é um tipo de cancro que apresenta "grande propensão para a metastização pulmonar", sublinha a UC, numa nota esta quinta-feira divulgada.

Os investigadores acreditam que "a maioria dos doentes já tem micrometástases na altura do diagnóstico clínico, que depois progridem para metástases pulmonares, sendo esta a sua principal causa de morte, pelo facto de as terapias convencionais apresentarem uma eficácia limitada".

Relacionadas
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

Como combater os efeitos do frio na pele

Com a descida das temperaturas, estes são os conselhos especializados para a perda de hidratação – e todas as restantes desgraças que afetam a pele no inverno.