Breve história de uma engenheira química apaixonada por cosmética

Com uma licenciatura em engenharia química e o sonho de criar um negócio próprio, Catarina lançou Catarina Barbosa Skincare, uma marca de beleza que homenageia mulheres portuguesas que marcaram a História.
Por Joana Moreira 19 de Fevereiro de 2021 às 18:03
Foto: D.R.

Ainda trabalhou dois anos em fábricas, mas o desejo de ter uma marca sua falou mais alto. "Sempre tive uma grande preocupação com a pele e interessava-me muito pelos produtos cosméticos e pelos ingredientes que eram utilizados", conta Catarina Barbosa, 29 anos. Depois de se formar em Engenharia Química ("porque sempre gostei de processos industriais, transformação e toda a sua envolvência"), foi pesquisar mais sobre ingredientes e conhecer quais as alternativas naturais que existiam no mercado. "Decidi aliar a minha paixão pela cosmética aos meus conhecimentos em química e criar a minha própria linha. Tive que complementar a minha formação com estudos na área de desenvolvimento e formulação de cosméticos. A partir daí foi toda uma experiência, desde a projeção do laboratório, adequar todas as normas para o seu funcionamento, à colocação do produto final no mercado", relata.

Em 2019 lançou a marca com o nome "Catarina Barbosa Cosmétiques", mas foi este ano que, fruto de um rebranding, nasceu a "Catarina Barbosa Skincare".

A jovem de Vila Nova de Milfontes tem Tata Harper como uma das suas inspirações na indústria da beleza: "criou a sua empresa e fórmulas do início e hoje é uma marca muito reconhecida na área da cosmética natural de luxo. Todos os produtos dela são excecionais e todo o percurso que fez até aos dias de hoje é muito inspirador!", diz.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Relacionadas
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

Mitos e verdades sobre a celulite

Numa era em que o ‘body shaming’ convive com o movimento ‘body positive’, a celulite continua a ser fonte de insegurança. Uma nutricionista explica o que fazer.