Ansiedade e stress: a solução que está dentro de nós

Com a pandemia, lidar com questões como o stress e a ansiedade ganhou enorme importância.
Por Diogo Torgal Ferreira 16 de Abril de 2021 às 01:30
Exercícios respiratórios são bons para a ansiedade
Exercícios respiratórios são bons para a ansiedade Foto: Getty Images

É certo e sabido que, tendo em conta a atual situação pandémica, os níveis de ansiedade e stress têm aumentado consideravelmente. “Neste especial momento que vivemos, julgo que os principais perigos consequentes do stress e ansiedade na população passam pela existência de um quotidiano marcado pelo medo, medo que estimula a segregação, que fomenta o julgamento do próximo, que condiciona a empatia entre pessoas e a capacidade de um pensamento crítico face à informação e estratégias a de- senvolver para lidar com dificuldades”, explica ao CM Ana Pinto Basto, professora de Mindfulness em processo de qualificação no Instituto de Formação Profissional de Mindfulness da Universidade da Califórnia, em San Diego, nos EUA.

Tendo isto em conta, a especialista realça que “precisamos de encontrar um equilíbrio entre o estado de alerta e relaxamento, para que possamos estar preparados para lidar com os desafios”. Assim, “mais do que técnicas de relaxamento, julgo que precisamos do contacto com a natureza, do contacto com o próximo, do cultivo da empatia e compaixão, da clareza de espírito para saber quando agir, reagir e quando aceitar”, defende Ana Pinto Basto, enumerando como ferramentas (ver caixa ao lado) “diversas técnicas de relaxamento”, como, por exemplo, o relaxamento progressivo muscular, a técnica de respiração abdominal ou exercícios de respiração. “Parece-me importante que cada pessoa que esteja com dificuldade em lidar com o stress possa escolher dedicar 15 minutos por dia a si mesma, pondo como prioridade o seu bem-estar”, concluiu.

O equilíbrio mental à mão de semear
A respiração profunda acompanha o ritmo do organismo e favorece o relaxamento, graças à oxigenação dos órgãos. Para um exercício simples, coloque a mão sobre o umbigo para sentir os movimentos ascendente e descendente da barriga enquanto respira. Inspire, sustenha a respiração e conte até três. Continue a respirar profundamente, durante um minuto, fazendo sempre pausas para contar até três.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Relacionadas
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

E se pudesse reiniciar o cérebro? Os conselhos de um neurologista

O cérebro humano está a ser gravemente manipulado pelos estímulos da tecnologia e as consequências refletem-se em comportamentos que nos deixam cada vez mais doentes. Em Limpeza Cerebral, o recém lançado livro do neurologista David Perlmutter e do médico internista Austin Perlmutter, reúnem-se técnicas para combater esta realidade.