Sabe avaliar quem é a vítima num crime?

SÁBADO/Lusa 23 de fevereiro de 2015

Segundo a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima, a maioria dos portugueses não tem esta percepção correcta

Imagine a seguinte situação: num assalto, uma mulher é assassinada e o seu vizinho é o primeiro a chegar ao local do crime, mas já não a consegue socorrer. Quem é a vítima deste crime? Cerca de 58,2% das pessoas inquiridas consideram que a mulher é a única vítima, por oposição a 20,7% que defendem que, tanto ela, como os seus familiares, amigos e vizinhos são vítimas.

Segundo os dados do barómetro "Percepção da População Portuguesa sobre os Direitos das Vítimas de Crime", da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), mais de metade dos portugueses tem dificuldade em avaliar quem é a vítima numa situação de crime

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais