Fazer muito sexo traz infelicidade

Susana Lúcio 31 de maio de 2016

Cientistas norte-americanos concluíram que a frequência com que se faz sexo não influencia, como se pensava, a felicidade

Até aqui pensava-se que o número de vezes que se tinham relações sexuais estavam intimamente ligadas com o grau de felicidade de cada um. Um estudo concluiu até que se as pessoas que fizessem sexo uma vez por mês passassem a fazê-lo uma vez por semana sentiram a mesma felicidade se recebessem 45 mil euros.

 

Mas parece que não é bem assim. "Embora pareça plausível que o sexo tenha efeitos benéficos na felicidade, é igualmente plausível que a felicidade afecte o sexo", escreveram os cientistas da Universidade de Carnegie Mellon, nos Estados Unidos, segundo a Business Insider.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais