Enfermeira alerta: "Não permitam que a ignorância se transforme na vossa ruína"

Enfermeira alerta: 'Não permitam que a ignorância se transforme na vossa ruína'
Lucília Galha 22 de abril de 2020

Carla Pinto, 36 anos, que trabalha nos Cuidados Intensivos do Hospital de Braga com doentes Covid-19, diz que a pandemia evidencia o melhor, mas também o pior das pessoas. E que, se cada um não cumprir com a sua parte, não será possível ultrapassar este problema.

"Tenho noção que sou uma potencial portadora, portanto, estou sempre atenta e tomo precauções. Por isso, antes de sair do carro, higienizo as mãos, coloco máscara e calço luvas. Estou protegida e, principalmente, estou a proteger os outros. A máscara cirúrgica protege de dentro para fora – a ideia é a não propagação, não contaminar.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais