Depois de 53 anos de casamento, Betty e Curtis morreram por covid-19 de mãos dadas

Depois de 53 anos de casamento, Betty e Curtis morreram por covid-19 de mãos dadas
Diogo Camilo 01 de julho de 2020

Casal morreu devido ao novo coronavírus com apenas 45 minutos de diferença num hospital nos EUA, a 18 de junho. Enfermeiros combinaram encontro para estarem juntos uma última vez.

Betty e Curtis Tarpley andaram na mesma escola, apaixonaram-se na Califórnia já adultos, casaram e estiveram juntos durante mais de 50 anos, educando dois filhos.

A 18 de Junho, os dois morreram devido ao novo coronavírus num hospital no estado do Texas, de mãos dadas e separados por apenas uma hora de vida. À CNN, um dos filhos, Tim Tarpley, afirmou que a mãe, que tinha 80 anos, estava doente há já uns dias e que descobriu que tinha covid-19 após ter sido testada no Texas Health Harris Methodist Hospital, em Fort Worth.

Foi internada a 9 de Junho, com Curtis, a segui-la dois dias depois, a 11 de Junho. Nessa altura, o seu marido estava nos cuidados intensivos mas estável, enquanto o estado de Betty começou a piorar.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais