Coronavírus: Eles não deixam o país parar

Coronavírus: Eles não deixam o país parar
Ana Taborda 25 de março de 2020

O Portugal que faz a comida, a energia e os medicamentos chegarem até sua casa continua a trabalhar


Não deixar o país parar pode significar aconselhar pessoas mais velhas – sobretudo as que gostam de ir todas as semanas à farmácia – a levarem medicamentos para um mês; trabalhar 16 horas por dia porque um conflito laboral colocou mais de 100 colegas fora do Porto de Lisboa; desinfetar as mãos dez vezes por turno ou limpar um terminal multibanco a cada três ou quatro clientes.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais