Cinema sobre Lisboa em quatro rodas

Cinema sobre Lisboa em quatro rodas
Raquel Lito 17 de agosto de 2020

Por fora é um mini bus, por dentro um anfiteatro com ecrã que passa 26 minifilmes ao longo da viagem. O engenheiro Paulo Parreira, que lançou o Lifecooler há 20 anos, investe agora nos passeios de 50 minutos com multimédia (mesmo com falta de turistas). Veja o vídeo


A caminho do Terreiro do Paço, nos últimos 150 metros da Rua do Ouro, o cinema sobre rodas dá uma lição rápida sobre um ponto  de Lisboa. Ali, à beira Tejo, funcionou uma zona comercial estratégica, nos séculos XVII e XVIII – das mais importantes da Europa. As imagens complementam a história. No Martim Moniz, os turistas ficam a saber que há mais de 40 nacionalidades representadas. Subindo à Mouraria, faz-se silêncio porque o assunto é fado. Conta-se que Alfama tem origem muçulmana, além das curiosidades sobre a luz da cidade (inspiradora para tirar umas selfies), os jacarandás, etc. São 26 minifilmes, exibidos num ecrã de 65 polegadas de 1,5 metros de comprimento por 90 centímetros de altura. Passam em vários idiomas: inglês, francês, espanhol, alemão e para breve mandarim. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais