A estranha doença que não deixa David comer peixe

A estranha doença que não deixa David comer peixe
Lucília Galha 09 de junho de 2020

Razão: fica a cheirar mal. É a chamada síndrome do odor a peixe. Não lhe traz problemas físicos, só constrangimentos. Mas os amigos acham que ele é sortudo por só comer carne.

Na casa de Mónica Barbosa, por regra, não se come peixe. Nenhum mesmo. Mas, e ao contrário do que seria de esperar de uma criança de 11 anos, David tem pena que seja assim. Para ele, até pescada cozida é um prato delicioso que não se importa de repetir. Há uma razão para isso: o rapaz sofre de uma condição que é vulgarmente chamada de síndrome do odor a peixe. Na verdade, ele pode comer todo o peixe que lhe apetecer, mas não deve – só por causa do cheiro com que fica quando faz a digestão.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais