60 anos depois, o tamanho continua a não importar

60 anos depois, o tamanho continua a não importar
Markus Almeida 02 de agosto de 2019

Depois de mudanças de nomes, de fabricantes e de ter ganho algum músculo, os carros Mini continuam aí para as curvas. Para o demonstrar, levámos o novo MINI Cooper S, uma edição especial de aniversário, a conhecer o avô, o Morris Cooper S de 1964.

Há lá coisa mais divertida que dar só um ligeiro toque com a chave na ignição - porque é o que basta, "virar a chave" não se aplica aqui - de um Morris Cooper S de 1964, com 1.275 de cilindrada e perto de 116 cavalos (é sabido que alguns fogem com o passar dos anos), e sentir o motor a explodir em sonoras rotações por baixo do capô?

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais