Notícia

Vida

Nesta ilha só entram mulheres

07.02.2018 21:31 por A.R.M.
A presença de homens é proibida nesta ilha paradisíaca.
Foto: DR
Foto: DR
Foto: DR
Foto: DR
Foto: DR
Foto: DR

Ilha
Há uma ilha privada para quem queira fazer uma pausa de homens. No mar báltico, perto da costa finlandesa que dá para a cidade de Helsínquia, existe a ilha SuperShe: um arquipélago com 10 bungalows, onde a presença de homens é proibida. 

Ao jornal New York Post, a fundadora Kristina Roth diz que aquele arquipélago servirá para as mulheres relaxarem e estarem focadas em si, sem pensarem se estão bonitas para o sexo masculino. Para a empresa de Roth, "estar de férias com os homens pode ser cansativo". 

A ideia de Roth surgiu durante umas férias em Calabasas, California. "Sempre que um homem giro se aproximava, lá ia eu colocar o baton", disse ao New York Post.

A empresária diz que a ilha poderá receber "convidados masculinos no futuro". Mas, para já, só mulheres: "As mulheres devem passar tempo juntas. Cada uma deve criar sonhos e desejos", disse Roth.

A ilha tem 10 bungalows, com locais para dormir e fazer actividades: aulas de culinária e fitness, assim como yoga e meditação, sempre rodeadas pela natureza.

pub
As reservas abrem em Julho e os preços ainda não estão determinados.


pub
pub