Seca extrema dispara preço da eletricidade

CM 09 de outubro de 2017

Queda para metade na produção das barragens obrigou a maior dependência do gás natural e do carvão.

Por Correio da Manhã

A seca severa que atinge o País agravou os custos no mercado grossista da eletricidade na ordem dos 672 milhões de euros. Perante a redução do volume de armazenamento das barragens e consequente menor produção de energia, houve necessidade de recorrer a uma maior produção a partir do gás natural e do carvão. Uma alteração que influenciou o aumento do preço do megawatt-hora (MWh).

Nos primeiros oito meses deste ano "verificou-se um preço médio do mercado de 50,46 €/MWh, um valor 55% superior ao período homólogo de 2016 (32,46 €/MWh)", divulgou a Associação das Energias Renováveis (APREN).

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login