Penálti salvou Leão no último minuto

CM 09 de setembro de 2017

Bas Dost marca penalidade e segura liderança.

Por Correio da Manhã

Um penálti salvador no derradeiro suspiro do jogo, apontado com mestria por Bas Dost (guarda-redes para um lado e bola para o outro), ditou ontem a vitória (3-2) do Sporting, no recinto do Feirense. Desde 1993/94, com Carlos Queiroz, que os leões não alcançavam cinco triunfos nas primeiras cinco jornadas do campeonato. E foi uma vitória complicada, já que depois de ter estado a vencer por 2-0, o Sporting adormeceu e o Feirense aproveitou para chegar ao 2-2.

O jogo começou com os leões instalados no meio-campo dos fogaceiros, a terem bola, mas sem saber o que lhe fazer para perturbar Caio. A confusão no meio-campo era tanta que Jorge Jesus teve mesmo de chamar Bataglia (a jogar no lugar do transferido Adrien) e William para lhes explicar que a coisa não podia continuar assim. Logo a seguir, Piccini lesionou-se e foi substituído por Alan Ruiz. Bataglia foi para defesa-direito. Com o decorrer do tempo, o Feirense subiu linhas, pressionou e conseguiu ter bola, criando mesmo duas grandes oportunidades de golo. Na 1ª, Rui Patrício fez uma grande defesa a remate do isolado Etebo. Na 2ª, Mathieu perdeu a bola para Edson Farias, que, na cara de Patrício, atirou ao lado.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui