Jovem queria ser padre mas virou ladrão

CM 06 de janeiro de 2019

Suspeito de 22 anos furta paramentos e artigos religiosos de capelas em Viseu.

Por Luís Oliveira - Correio da Manhã

A GNR de Viseu identificou um jovem de 22 anos suspeito da autoria de vários furtos em capelas e sacristias em aldeias dos arredores da cidade. O suspeito sente-se frustrado por não ser padre, facto que confessou ao militares. "Não me deixam", disse.

Na casa da avó tinha um altar, onde rezava missa e simulava a realização de procissões.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui