Governo suspende relações com Ordem dos Enfermeiros

Negócios 05 de fevereiro de 2019

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde decidiu suspender temporariamente as relações com a Ordem dos Enfermeiros. Em causa está o apoio da bastonária à greve cirúrgica, que a tutela considera ir além das competências da Ordem.

Por Susana Paula - Jornal de Negócios

O Secretário de Estado Adjunto da Saúde, Francisco Ramos, suspendeu temporariamente as relações institucionais com a Ordem das Enfermeiros, segundo um comunicado divulgado esta terça-feira, dia 5 de fevereiro, pelo Ministério da Saúde. 

"A decisão tem por base as posições que têm sido tomadas pela bastonária da Ordem dos Enfermeiros em sucessivas ocasiões e, em particular, no que diz respeito à greve cirúrgica", afirma a tutela.

O Ministério da Saúde lembra que a bastonária dos enfermeiros, Ana Rita Cavaco, tem vindo a apoiar publicamente a greve cirúrgica, "incentivando à participação dos profissionais", o que, considera, "extravassa as atribuições da associação profissional que representa".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui