Gabinete de crise britânico dá 'luz verde' para possíveis ataques

CM 12 de abril de 2018

Ministros foram convocados pela primeira-ministra, Theresa May, para discutir o alegado ataque com armas químicas em Douma.

Por Correio da Manhã

O gabinete de crise britânico deu esta quinta-feira 'luz verde' à primeira-ministra, Theresa May, para se juntar aos Estados Unidos e à França e planear possíveis operações militares em resposta ao alegado ataque com armas químicas na Síria.

O pedido do gabinete para "ação" de modo a impedir o uso de armas químicas não incluiu detalhes sobre o método ou o momento de tais ataques, deixando em aberto a possibilidade de outras respostas.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login