Fecho dos mercados: Itália foi a excepção à acalmia nas bolsas e na dívida. Petróleo recupera

Negócios 29 de maio de 2017

As bolsas tiveram uma sessão calma e sem grandes oscilações num dia marcado pelo feriado nos EUA e no Reino Unido. Mas o risco de eleições antecipadas colocou os activos italianos sob pressão.

Por Rui Barroso - Jornal de Negócios

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login