Família desespera sem transporte para criança com doença rara

CM 13 de agosto de 2018

Menino precisa de ser transportado da Nazaré para Unidade Hospitalar em Lisboa.

Por Correio da Manhã

A família de uma criança, de oito anos, com incapacidade permanente global de quase 100%, e que sofre de uma doença rara, queixa-se por não ser disponibilizada uma ambulância para transportar o menino desde a sua residência, na Nazaré, até ao Hospital D. Estefânia, em Lisboa.

Tiago Soares - que já foi operado duas vezes e tem ainda que retirar o gesso da última intervenção, à anca esquerda - é seguido em consulta na unidade hospitalar.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login