CrowdProcess considerada a melhor startup na área de "fintech" na Europa

Negócios 05 de abril de 2016

A startup portuguesa desenvolveu uma ferramenta para a banca de média dimensão, chamada James, que visa facilitar a análise dos riscos de crédito

A start-up portuguesa CrowdProcess, que desenvolveu uma ferramenta para a banca de média dimensão, participou esta semana na maior conferência de tecnologia financeira ("fintech") do mundo, a Money 20/20, que se realiza em Copenhaga, na Dinamarca. A empresa portuguesa chegou à capital dinamarquesa como uma das 12 finalistas ao nível europeu e ontem foi considerada como a melhor.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login