Vanderbilt: a socialite que chocou Nova Iorque

Vanderbilt: a socialite que chocou Nova Iorque
Sónia Bento 17 de junho de 2019

Teve sucesso como pintora, designer e escritora. Mãe do jornalista Anderson Cooper, ficou viúva do único homem que amou e viu um filho suicidar-se. Morreu esta segunda-feira, aos 95 anos



A controversa milionária e designer nova-iorquina Gloria Vanderbilt morreu na manhã desta segunda-feira, 17, aos 95 anos. Foi  Anderson Cooper, famoso jornalista da CNN e seu filho mais novo, quem deu a notícia no seu programa: "Ela estava pronta para partir e morreu como queria. Que vida extraordinária. Que mãe extraordinária. Que mulher incrível", disse a estrela de TV perante milhões de telespetadores. A socialite morreu na sequência de um cancro no estômago, na sua casa, rodeada por familiares e amigos.

Aos 85 anos quando lhe perguntavam se mantinha uma vida sexual ativa, soltava uma enorme gargalhada e respondia: "Não comento". Gloria Vanderbilt, que foi atriz, pintora, designer e escritora chocou a conservadora alta sociedade nova-iorquina com uma novela erótica que escreveu, Obsession: An Erotic Tale, lançada precisamente há 10 anos.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login