O político que disse 'eu demito-me': Jorge Coelho (1954-2021)
07 de abrilMaria Henrique Espada

O político que disse "eu demito-me": Jorge Coelho (1954-2021)

Coelhone, bombeiro, todo-o-terreno, todo-poderoso, king-maker, o Jorge: acumulou alcunhas, poder, mas cultivou sempre a proximidade de homem do povo. Em todas as conversas dizia "o meu caro amigo". Fez de tudo: manobras de bastidores e discursos inflamados. Mas numa noite de março de 2001 demitiu-se e esse gesto definiu-lhe a carreira. Morreu esta quarta-feira.

Venezuela, o el dorado das empresas portuguesas
23 de outubro de 2019Juliana Nogueira Santos

Venezuela, o el dorado das empresas portuguesas

Foram dezenas de empresas portuguesas a lucrar com a proximidade entre Portugal e Venezuela no Governo de Sócrates, do pernil aos medicamentos.

Conflito sobre barragem do Tâmega chega aos tribunais
25 de setembro de 2019Jornal de Negócios

Conflito sobre barragem do Tâmega chega aos tribunais

A obra de 110 milhões de euros está parada há seis meses por razões relacionadas com segurança e o conflito chegou a tribunal. O consórcio da Mota Engil quer impedir que a Iberdrola acione garantias bancárias se houver rescisão de contrato.

5
Ricardo Salgado, chegou a hora do antigo senhorio disto tudo
08 de julho de 2019Carlos Rodrigues Lima

Ricardo Salgado, chegou a hora do antigo senhorio disto tudo

O ex-banqueiro, conhecido como o "dono disto tudo", é ouvido esta segunda feira pelo juiz Ivo Rosa. A acusação da Operação Marquês imputa-lhe 21 crimes e descreve-o como um grande manipulador.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)