Os profissionais da carta aberta

A intervenção cívica destes profissionais do abaixo-assinado ou da carta aberta seria boa se fosse séria. Mas não, ela representa o que qualquer Governo mais adora. É uma expressão da “sociedade civil”, representa os profetas da respeitabilidade crítica, por “construtiva”, eufemismo cada vez mais em voga para traduzir subserviência e lambe-botismo

Marco Galinha. De vendedor de tabaco a novo tubarão dos media
20 de fevereiroMarco Alves

Marco Galinha. De vendedor de tabaco a novo tubarão dos media

Criado numa família humilde da Benedita, começou no negócio do sogro, a vender tabaco pelos cafés. Depois vendeu bicicletas e criou em Lisboa um pequeno império empresarial. As histórias familiares e privadas no novo presidente da Global Media.

Covid-19: Governo agradece ajuda médica francesa
15 de fevereiroLusa

Covid-19: Governo agradece ajuda médica francesa

A equipa médica francesa que durante 15 dias vai trabalhar no Hospital Garcia de Orta é constituída por três enfermeiras e uma médica do serviço de saúde dos bombeiros franceses.

Governo foi obrigado a responsabilizar-se por enfermeiros alemães
05 de fevereiroCarlos Rodrigues Lima

Governo foi obrigado a responsabilizar-se por enfermeiros alemães

Para trabalharem em Portugal, os enfermeiros tinham que assinar uma declaração de responsabilidade, de forma a obter a necessária autorização da Ordem. No caso dos médicos, o reconhecimento das competências é automático.

Até onde vai Ventura?

Ventura é um abcesso na democracia, sem dúvida, mas numa democracia que também ela está doente. Que caminha para o abstencionismo e a indiferença cívica. E que se resigna com essa caminhada para o abismo.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)