PJ faz buscas ao FC Porto e a laboratórios
20 de maioAntónio José Vilela

PJ faz buscas ao FC Porto e a laboratórios

MP e PJ têm dois processos: um visa crimes de saúde pública devido a testes Covid a jogadores de futebol, o outro está centrado em suspeitas de fraude fiscal e branqueamento em negócios com transferências de atletas.

Estou sim? Daqui fala o primeiro-ministro e estou a ser escutado
31 de janeiroCarlos Rodrigues Lima

Estou sim? Daqui fala o primeiro-ministro e estou a ser escutado

Sócrates foi o primeiro, mas suas conversas acabaram destruídas, sem deixarem de causar um sério mal estar na Polícia Judiciária, como mostram alguns documentos. Seguiu-se Passos Coelho, cujas escutas a SÁBADO revela. Até que chegou a vez de António Costa.

Suspeitos de corrupção acusados de mais de cinco mil crimes
18 de junho de 2020Carlos Rodrigues Lima

Suspeitos de corrupção acusados de mais de cinco mil crimes

Esquema de emissão de certificados para condutores TVDE e revalidação de cartas de condução era liderado por dois casais. Ministério Público acusou 120 pessoas por crimes de associação criminosa, corrupção ativa/passiva e arrolou cerca de 800 testemunhas.

3
PJ investiga negócios de carne com a Venezuela
28 de novembro de 2019Leonor Riso

PJ investiga negócios de carne com a Venezuela

A Polícia Judiciária e a Autoridade Tributária realizaram esta quarta-feira dez buscas domiciliárias e não domiciliárias "por suspeitas da prática dos crimes de fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais", anunciaram as autoridades em comunicado.

As 122 conversas de António Costa no caso Octapharma
08 de novembro de 2019António José Vilela

As 122 conversas de António Costa no caso Octapharma

O antigo secretário de Estado da Saúde, Manuel Pizarro, esteve sob escuta telefónica durante 270 dias, quando ainda era um dos suspeitos. Os telefonemas com o primeiro-ministro foram apanhados acidentalmente e acabaram destruídos.

Os negócios da Máfia do Sangue que levaram à acusação
08 de novembro de 2019António José Vilela

Os negócios da Máfia do Sangue que levaram à acusação

Durante a investigação a Polícia Judiciária e o Ministério Público recolheram inúmeros indícios de concursos públicos para aquisição de plasma que terão sido objeto de crimes de corrupção.

Tudo sobre o interrogatório de Cunha Ribeiro
08 de novembro de 2019António José Vilela

Tudo sobre o interrogatório de Cunha Ribeiro

Acusado de ter sido corrompido pela Octapharma e por Lalanda e Castro, o ex-director da ARSLVT falou durante vários dias. A juíza que o prendeu não acreditou nas explicações.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)