PSP da Covilhã deteve mulher que deixou criança de três anos trancada em casa
18 de janeiroLusa

PSP da Covilhã deteve mulher que deixou criança de três anos trancada em casa

A PSP aponta que a mulher estava "visivelmente alcoolizada" e que foram de "imediato realizadas diligências urgentes" para localizar a criança, dado que aquela força de segurança já tinha conhecimento que a mulher em causa é mãe de uma criança de três anos, que "naquele momento poderia estar numa situação de vulnerabilidade e abandono".

Insolvência pessoal diminui para três anos a partir de abril
11 de janeiroLusa

Insolvência pessoal diminui para três anos a partir de abril

Atualmente, a lei determina que durante cinco anos pessoas que se apresentem à insolvência ficam limitadas na sua vida financeira, prazo agora reduzido para três anos. No final do prazo, o insolvente fica livre das restantes dívidas.

5
Mark Bradford chega a Serralves para tornar visível o que é invisível
29 de novembro de 2021Filipa Teixeira

Mark Bradford chega a Serralves para tornar visível o que é invisível

“Ágora” reúne trabalhos realizados nos últimos três anos pelo artista norte-americano, que recentemente foi considerado uma das 100 personalidades mais influentes de 2021 pela revista TIME. A exposição em Serralves é a primeira a solo em Portugal.

Sete em cada dez alunos terminam o ensino secundário sem chumbar
23 de novembro de 2021Ana Bela Ferreira

Sete em cada dez alunos terminam o ensino secundário sem chumbar

Número de estudantes que acaba o ensino secundário nos três anos previstos está aumentar desde 2014/2015. Conseguem melhores resultados, os alunos que entram no 10.º ano, aos 15 anos, isto é, também sem nunca terem ficado retidos até aí.

'Perdi tudo. O valor da minha insolvência foi de quatro milhões de euros'
22 de novembro de 2021Raquel Lito

"Perdi tudo. O valor da minha insolvência foi de quatro milhões de euros"

Luís ficou sem nada: as empresas, a quinta em Sintra, o carro e até a casa onde vivia em Lisboa desapareceram pelas execuções fiscais e penhoras. O ex-empresário insolvente vive em crise desde 2018, espera que a nova lei – que reduz o prazo de exoneração de cinco para três anos – entre em vigor rapidamente.

A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana