Ex-inspetores da PJ ilibados no caso do traficante
06 de maioAntónio José Vilela

Ex-inspetores da PJ ilibados no caso do traficante

O acórdão é perentório: Franklim Lobo deve cumprir 11 anos de prisão por tráfico de drogas, mas não há provas de ligações corruptas a inspetores. Provas são as mesmas da Operação Aquiles.

Rui Diogo: “Portugal é dos países mais racistas e machistas da Europa”
16 de abrilVanda Marques

Rui Diogo: “Portugal é dos países mais racistas e machistas da Europa”

O antropólogo e biólogo reforça que, apesar da ideia de que somos um país de brandos costumes, a nossa colonização não foi assim tão branda. O professor Rui Diogo diz que existe racismo em Portugal e que são necessárias ações concretas, como as quotas, para mudar isso.

Quando ser jogador de futebol implica sofrer assaltos e sequestros
15 de marçoDiogo Camilo

Quando ser jogador de futebol implica sofrer assaltos e sequestros

Dí Maria, do PSG, viu a sua casa ser assaltada e a família sequestrada enquanto jogava. O mesmo aconteceu a Marquinhos, defesa brasileiro. Em Portugal, Otávio, do FC Porto, já foi vítima, tal como Quaresma que estava num jogo contra o Benfica.

Toda a história de um grupo de traficantes amadores
24 de fevereiroAntónio José Vilela

Toda a história de um grupo de traficantes amadores

A Polícia Judiciária esteve quase dois anos à espera que um grupo de empresários e pescadores fizesse um transporte de droga. Os suspeitos falharam várias ações e até tiveram de afundar um barco – foram salvos pela Força Aérea - para disfarçar uma ação mal feita que os colocou sob pressão de narcotraficantes espanhóis, colombianos, marroquinos e sérvios. No fim, o suspeito nº1 português não foi detido.

25 de abril: um apóstolo do socialismo
13 de fevereiroJoão Pedro George

25 de abril: um apóstolo do socialismo

Agora sabemos que há, pelo menos, dois Megas: o propagandista do Estado Novo e o marxista-leninista do PREC; o negacionista de Wiriamu e o gestor cultural que navega nas turvadas águas do PS. A sua produção discursiva, antes e depois do 25 de Abril, demonstra de que lado sempre quis estar: do lado de quem tem o poder. No fim de contas, Mega limitou-se a mudar para que Mega pudesse ficar na mesma.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)