Amanda Knox: "Os italianos deram-me a mão"
CM

Amanda Knox: "Os italianos deram-me a mão"

A jovem norte-americana Amanda Knox, de 24 anos, que passou quatro anos na prisão acusada de ter morto a sua colega de quarto em Perugia, Itália, e que saiu em liberdade por ter sido declarada inocente, volta esta terça-feira aos Estados Unidos da América. Antes, escreveu uma carta ao povo italiano a agradecer o apoio.

A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana