Guerra Colonial: As milícias da vingança branca
17 de marçoTiago Carrasco

Guerra Colonial: As milícias da vingança branca

Os ataques da União dos Povos de Angola (UPA) contra os colonos portugueses, a 15 de março de 1961, não pouparam mulheres nem bebés. Centenas de colonos ficaram para se vingar. A SÁBADO teve acesso exclusivo a um diário de horrores.

Toda a história de um grupo de traficantes amadores
24 de fevereiroAntónio José Vilela

Toda a história de um grupo de traficantes amadores

A Polícia Judiciária esteve quase dois anos à espera que um grupo de empresários e pescadores fizesse um transporte de droga. Os suspeitos falharam várias ações e até tiveram de afundar um barco – foram salvos pela Força Aérea - para disfarçar uma ação mal feita que os colocou sob pressão de narcotraficantes espanhóis, colombianos, marroquinos e sérvios. No fim, o suspeito nº1 português não foi detido.

Opinião: Anti semita sem Abril
09 de fevereiroMiriam Assor

Opinião: Anti semita sem Abril

Quis este antigo soldado atingir Israel com bala reles: Israel pôde adquirir vacinas contra a covid 19 porque os judeus dominam o universo financeiro.

Operação Marosca
30 de janeiroJoão Pedro George

Operação Marosca

A 16 de Dezembro de 1972, quatro caças-bombardeiros largaram várias bombas nas povoações de Wiriamu, Juwau e Chawola. Enquanto isso, cinco helicópteros desembarcavam quatro grupos da 6ª Companhia de Comandos, Grupos Especiais de Pára-quedistas, mercenários e agentes da PIDE/DGS, os quais cercaram as aldeias e desataram a metralhar os aldeões, incluindo mulheres e crianças.

A vida de Buffon, o guarda-redes que em miúdo ainda marcou 'uns quantos golos'
28 de janeiroCarlos Torres

A vida de Buffon, o guarda-redes que em miúdo ainda marcou "uns quantos golos"

Buffon completa 43 anos e continua a defender a baliza da Juventus. Na quarta-feira, dia 27, frente à SPAL, na Taça da Itália, fez o jogo 1123 de uma carreira recheada de muitos sucessos e de algumas polémicas. Sabia que a ida a museus ajudou o guarda-redes a ultrapassar a depressão?

Tino de Rans, o eterno candidato
22 de janeiroAlexandre R. Malhado

Tino de Rans, o eterno candidato

Vitorino Silva, mais conhecido por Tino de Rans, já foi de tudo um pouco. Calceteiro, autarca, autor, cantor popular, personalidade televisiva  – e hoje é candidato presidencial.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)