Como Cascais entrou na negociação da vacina russa
15 de abrilMargarida Davim

Como Cascais entrou na negociação da vacina russa

Carreiras revelou o que até agora era segredo: as conversas preparatórias para produzir a Sputnik em Portugal. Várias fontes do Governo negam saber dos contactos. Esta é a história dos bastidores do que uma fonte governamental classifica como um ato de "voluntarismo".

Candidatos independentes em suspenso à espera da lei
13 de abrilMargarida Davim

Candidatos independentes em suspenso à espera da lei

Enquanto a lei não entra em vigor, independentes estão às cegas. Há quem recolha assinaturas sem saber se serão válidas, quem tenha tudo a postos à espera e quem até já tenha aceitado ter um partido como barriga de aluguer.

Instantâneos ou quase (43)

Recuperar conhecimentos não é atirar para o ano letivo seguinte, não é reduzir currículos. É criar reais momentos de recuperação e contratar professores para o efeito. Isto o Governo PS não faz, porque tem um ministro que nunca existiu.

Gritos da vítima levaram PSP a impedir violação em Queluz
10 de abrilLusa

Gritos da vítima levaram PSP a impedir violação em Queluz

A detenção do suspeito da tentativa de violação, um homem de 48 anos, aconteceu "em flagrante delito", quando dois polícias da 62.ª Esquadra - Queluz, que efetuavam o patrulhamento da área, "ouviram os pedidos de socorro da jovem e de imediato se dirigiram para o local, impedindo a consumação do crime".

Operação Marquês: O trajeto do dinheiro e a loja de Francisco Canas
07 de abrilAntónio José Vilela

Operação Marquês: O trajeto do dinheiro e a loja de Francisco Canas

Dois milhões de euros, pagos por Ricardo Salgado a José Sócrates, passaram pela loja de Zé das Medalhas. O esquema foi identificado no Monte Branco. Até à próxima sexta-feira, dia da decisão do juiz Ivo Rosa, a SÁBADO vai publicar vários textos que retratam o essencial da acusação e das defesas dos arguidos.

Vida de luxo. Os milhões a que Sócrates perdeu a conta
07 de abrilOctávio Lousada Oliveira

Vida de luxo. Os milhões a que Sócrates perdeu a conta

Não tinha rendimentos além dos de primeiro-ministro mas dinheiro não lhe faltava: para gastos pessoais e também para distribuir pela família e amigas. O dinheiro vinha do testa-de-ferro Santos Silva. Leia as explicações que Sócrates deu ao juiz Ivo Rosa

Relógios para aproveitar bem o tempo
02 de abrilRita Bertrand

Relógios para aproveitar bem o tempo

Quatro amigos de infância idealizaram sete modelos de relógios inspirados nas suas praias favoritas. O nome da marca, Silica, remete para areia e rocha, o design lembra que “cada segundo conta”.

Os negócios imobiliários da Altice, do CEO e do amigo
31 de marçoAntónio José Vilela

Os negócios imobiliários da Altice, do CEO e do amigo

Foram vendidos quatro prédios em Lisboa por cerca de 15 milhões de euros. Os compradores têm ligações a um circuito empresarial montado em Braga, na Zona Franca da Madeira e no Dubai. E com relações ao empresário Hernâni Vaz Antunes, familiares e sócios. Na mesma altura, duas dessas empresas venderam uma moradia a Alexandre Fonseca e dois apartamentos a amigas íntimas de Hernâni e de Armando Pereira.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)